Como rezar‎ > ‎

Ó Maria!

postado em 11 de jul de 2011 15:41 por Silvio Garbes
Ó Maria, vastidão do céu, fundamento da terra, profundidade dos mares, luz do sol,beleza da lua, esplendor das estrelas do céu...
Teu seio carregou o próprio Deus,diante de cuja majestade o homem se sente amedrontado.
Tuas entranhas contiveram o carvão ardente.
Teus joelhos sustentaram o Leão, terrível em Sua Majestade.
Tuas mãos tocaram aquele que é intocável, e o fogo da divindade que nEle reside.
Teus dedos parecem as pinças incandescentes com que o profeta recebia o carvão para a oblação celeste.
És o cesto onde está o Pão ardendo em chama, e és o caliça onde o Vinho foi colocado.
Ó Maria, que em teu seio formaste o fruto da oblação... pedimos-te instantemente que nos guardes do inimigo que vive a rondar-nos.
E, assim como não se separa a mistura da água com o vinho, nós também não nos separamos de ti e do teu Filho.
Cordeiro da Salvação.

(Anáfora etíope)
Comments